Jornalista Anita Krepp estreia segunda temporada do “Cannabis Hoje Pod”

Jornalista Anita Krepp estreia segunda temporada do “Cannabis Hoje Pod”

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Primeiro programa entrevista o deputado Caio França, discutindo empreendedorismo, negócios e a cannabis como plataforma política

Estreou na última terça-feira (20) o primeiro episódio da segunda temporada do Cannabis Hoje Pod, o podcast apresentado por Anita Krepp, jornalista especializada na cobertura de cannabis. Você pode ouvi-lo abaixo.

A primeira conversa foi com o deputado estadual Caio França, autor da Lei que garante a distribuição gratuita de cannabis no SUS de São Paulo, na estreia da 2ª temporada de Segredos do Ramo, série sobre empreendedorismo e negócios em cannabis.

A nova temporada do podcast terá 24 episódios semanais, que irão ao ar sempre às terças-feiras, até 30 de julho. 

Guiadas pela experiência, carisma e irreverência de Krepp, as entrevistas conduzem os ouvintes pelos bastidores da indústria brasileira da cannabis, ouvindo os principais profissionais do ramo. Na estreia da primeira temporada, no ano passado, a Cannalize conversou com a jornalista para entender este “trabalho de formiguinha”.

Leia também: Influente e otimista, Anita Krepp lança podcast sobre o mercado da cannabis

Agora, na estreia da segunda temporada, o deputado Caio França revela que já considera a cannabis como “pauta de sua vida”. Com ou sem mandato, ele se compromete a seguir defendendo a bandeira da cannabis. “Estou no caminho certo e seguro do movimento que tô fazendo.”

Como um dos políticos brasileiros mais destacados na defesa da cannabis, França avalia que outros políticos podem tender a angariar votos associando-se à causa, e diz não entender a razão de os candidatos presidenciais excluírem o tema das propostas de governo.

Ele se considera um aprendiz na luta pelo acesso à cannabis e reconhece que o fato de não ser “exageradamente militante” possibilitou avançar no tema e conquistar novos apoios, como a deputada Edna Macedo (irmã do bispo Edir Macedo, da bancada evangélica), que votou em favor da cannabis no SUS.

Segundo Anita, a lista de convidados para entrevistas ainda aceita sugestões de nomes, basta escrever para cannabishoje@gmail.com

 

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas