Após dois AVCs, paciente volta a andar com a ajuda do CBD

Após dois AVCs, paciente volta a andar com a ajuda do CBD

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

O empresário sofreu um derrame e perdeu os movimentos do lado esquerdo do corpo. Contudo, a cannabis o ajudou a ter qualidade de vida

Após dois AVCs, paciente volta a andar com a ajuda do CBD
Foto: Arquivo Pessoal

Em fevereiro do ano passado, Paulo Camargo, de 63 anos, sofreu dois Acidentes Vasculares Cerebrais. Com o lado esquerdo do corpo paralisado por conta do derrame, o empresário ficou com dificuldade para se locomover e teve que passar quase um ano usando cadeira de rodas.

Há seis meses usando o CBD (canabidiol) prescrito pelo médico que acompanha o quadro clínico, Paulo pode voltar a ter uma qualidade de vida. Segundo o empresário, uma das evoluções foi voltar a andar sem auxílio.

“Cada dia, era uma surpresa. Foram dois AVCs, um isquêmico e outro hemorrágico. Passei 21 dias na UTI. Não tomava banho e nem trocava roupa sozinho. Não andava sem auxílio de bengala. Depois do medicamento, faço tudo sozinho e a bengala e a cadeira de rodas estão encostadas!”, afirma o paciente.

Segundo o empresário, ele tem muito mais autonomia após o uso da medicação.

“Eu tô tomando o CBD do laboratório NuNature há cerca de seis meses e mudou minha vida. Hoje consigo realizar tarefas do dia a dia sozinho. Faço limpeza da casa, faço comida, resolvo meus negócios bancário, odontológicos e até assistência aos meus clientes. O próximo passo é renovar a carteira profissional e comprar um carro. Também quero voltar à faculdade para terminar meu curso de direito”, celebra Paulo.

Benefícios do canabidiol

De acordo com o dr. Flávio Geraldes Alves, diretor da Associação Pan-Americana de Medicina Canabinoide (APMC) e consultor médico da NuNature Labs, o CBD pode ser um grande aliado em casos de pós-AVC.

“É uma excelente opção terapêutica, pois o canabidiol pode auxiliar na recuperação neurológica, além de ajudar em outras questões. Pacientes com condições debilitantes podem desenvolver ansiedade ou depressão. Então, o CBD tem esse potencial de melhorar a saúde mental e a qualidade de vida”, complementa.

O médico ainda explica que o tratamento também atua na espasticidade, que causa dor crônica e limita ainda mais os movimentos.

“Lesões neurológicas podem desenvolver sequelas motoras, como a espasticidade. O canabidiol Full Spectrum, que contém o THC, pode ajudar nessa espasticidade e na dor que essa sequela pode causar”, conclui Alves.

Consulte um profissional

É importante ressaltar que qualquer produto feito com a cannabis precisa ser prescrito por um profissional de saúde habilitado, que poderá te orientar de forma específica e indicar qual o melhor tratamento para a sua condição.

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar na marcação de uma consulta, dar suporte na compra do produto até no acompanhamento do tratamento. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas