Associação de Sergipe obtém o direito de cultivar cannabis em decisão inédita 

Associação de Sergipe obtém o direito de cultivar cannabis em decisão inédita 

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Diferente de outras entidades que obtiveram o direito de plantar, a ONG Salvar ainda conseguiu a fabricação não só do óleo, mas de outros produtos feitos com a planta

Associação de Sergipe obtém o direito de cultivar cannabis em decisão inédita
Foto: Freepik

Nesta quarta-feira (23) a associação Salvar, que fica em Sergipe, obteve o direito de cultivar cannabis em solo nacional para os seus associados. Contudo, parece que dessa vez, a autorização é bem mais abrangente. 

Além da fabricação do óleo, a associação agora pode produzir também outros produtos, como comestíveis, tinturas, pomadas feitos tanto com CBD (canabidiol) quanto THC (tetrahidrocanabinol).

Essa é a primeira vez que uma instituição obtém uma autorização tão completa. Agora, a associação tem 15 dias para se adequar a uma série de portarias estabelecidas para a produção, distribuição e armazenamento de medicamentos.

Mas as responsabilidades não são somente para a ONG. Tanto o Ministério da Saúde quanto a Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária), também receberam um prazo de 60 dias para criar um sistema de fiscalização adequado à Salvar.

Outras associações

Além da associação Salvar, outras entidades também possuem o direito de cultivar, fabricar e distribuir produtos à base de cannabis. A primeira delas foi a Abrace, que fica na Paraíba. Desde 2017 a associação vem ajudando de  forma legal mais de 30 mil pessoas.

Outras associações como a Apepi e a AbraRio, que ficam no Rio de Janeiro, a Cultive em São Paulo e a Santa Cannabis, na Santa Catarina, também já obtiveram o direito de cultivar, mas apenas para a fabricação do óleo. 

Conte com a gente 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde achar um médico prescritor até o processo de importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas