Cientistas concluem que cannabis pode ser um bom suplemento alimentar para galinhas

Cientistas concluem que cannabis pode ser um bom suplemento alimentar para galinhas

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Consumindo as folhas, aves desenvolveram resistência a doenças de origem bacteriana e parasitária, sem contaminar sua carne ou seus ovos

Foto: Reprodução / Freepik

Um estudo da Universidade de Chiang Mai, na Tailândia, quer usar as folhas de cannabis excedentes das colheitas para melhorar a saúde de frangos e galinhas, podendo substituir antibióticos e outros medicamentos, conforme apurou a revista argentina THC (tetrahidrocanabinol). 

Depois que pequenos agricultores tailandeses começaram a inserir folhas da cannabis na alimentação das galinhas, foi observado que os bichos desenvolveram mais resistência a doenças de origem bacteriana e parasitária.

“Seus organismos se mantiveram sãos”, comentou a diretora do estudo e professora assistente do departamento de ciências animais e aquáticas da Universidade, Chompunut Lumsangkul.

Opção mais sustentável

Galinhas são animais muito frágeis e sua criação pode ser custosa por depender de muitos medicamentos preventivos. Além disso, a desvantagem destes medicamentos é que eles acabam perdendo efeito pois as bactérias ganham resistência.

Neste intuito, a alimentação com cannabis seria mais sustentável, podendo ser feita de duas formas: fervendo as folhas numa espécie de chá ou triturando-as e servindo junto com a ração.

Os cientistas ainda alegam que não há risco de contaminação da carne ou dos ovos, pois o organismo dos animais tem enzimas capazes de metabolizar tanto o THC como o cannabidiol (CBD).

Leia também: Você sabe qual a diferença entre o CBD e o THC?

Mercado de Cannabis

O mercado de produtos à base de cannabis é muito promissor. A Dr. Cannabis oferece um curso introdutório de 40 minutos para quem quer ter mais informações sobre esse setor e suas oportunidades. Custa menos de R$100,00. Inscreva-se aqui

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas