Em qual cidade a maconha é mais cara?

Em qual cidade a maconha é mais cara?

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Já parou para pensar que a maconha tem preços variados em países diferentes? Uma empresa pensou, e ainda fez um levantamento em 120 cidades pelo mundo.

Já parou para pensar quanto custa a verdinha em outras nações? Não basta viajar para países onde a erva é legalizada, é preciso também se lembrar que o preço não é igual em todos os lugares.

Se você for para o Japão, por exemplo, vai ter que ir com bastante dinheiro. De acordo com o Cannabis Price Index de 2018, o país asiático é o país mais caro do mundo para se consumir maconha

Para se ter uma ideia, uma grama de maconha pode chegar a um valor aproximado de US$33 em Tóquio. 

Ranking de preços?

O estudo foi feito pela Seedo, uma empresa fabricante de pequenas estufas automáticas para plantar cannabis. A companhia pró-legalização tinha o intuito de calcular o quanto os governos ganham (ou podem ganhar) com impostos de cannabis.

 O levantamento mapeou o preço da maconha em 120 cidades ao redor do mundo. Parece que Nova Iorque é a cidade mais beneficiada com os impostos, arrecadando aproximadamente US$156,04 milhões por ano. 

Foto: Freepik

Brasil também está na lista

Mesmo ilegal no Brasil, a maconha é uma das substâncias mais consumidas por aqui, o que levou duas cidades brasileiras entrarem no ranking. E nem entrou na lista das mais caras ou mais baratas (digamos que está com um preço na faixa).

A capital paulistana ficou em 97º lugar, com um preço médio de US$6,38 por grama. O consumo total estimado é de 16,55 toneladas ao ano. 

Já o Rio de Janeiro levou a 107º posição com a grama a um custo de US$5,11. Levando em consideração que o consumo estimado é de 8,69 toneladas ao ano, a cidade carioca poderia faturar US$28,82 milhões aos cofres públicos com impostos. 

Leia mais sobre isso: Brasil poderia arrecadar até R$8 bi em impostos de maconha

Top 10 das cidades mais caras para se comprar maconha

  1. Tóquio
  2. Seul
  3. Quioto
  4. Hong Kong
  5. Bangkok
  6. Dublin
  7. Tallinn
  8. Xangai
  9. Pequim
  10. Oslo

Top 10 das cidades mais baratas para se comprar maconha

  1. Quito
  2. Bogotá
  3. Assunção
  4. Jacarta
  5. Cidade do Panamá
  6. Joanesburgo
  7. Montevidéu
  8. Astana
  9. Antuérpia
  10. Nova Delhi

Mercado de Cannabis

O mercado de produtos à base de cannabis é muito promissor. A Dr. Cannabis oferece um curso introdutório de 40 minutos para quem quer ter mais informações sobre esse setor e suas oportunidades. Custa menos de R$100,00. Inscreva-se aqui

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas