Governo dos EUA propõe a reclassificação da maconha

Governo dos EUA propõe a reclassificação da maconha

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

O objetivo é colocar a maconha na lista de substâncias mais brandas, ao lado de drogas como cetamina e codeína

Governo dos EUA propõe a reclassificação da maconha

Governo dos EUA propõe a reclassificação da maconha
Foto: Freepik

Nesta quinta-feira (16) o governo de Joe Biden, nos Estados Unidos, propôs a reclassificação da maconha para uma lista com drogas de baixo risco. A mudança histórica pode alterar regras que valem há mais de 50 anos.

Em um vídeo divulgado, o presidente disse que ninguém deveria estar na prisão por usar ou possuir maconha. “Muitas vidas foram alteradas devido a uma abordagem equivocada em relação à maconha e me comprometi a corrigir esses erros”, afirmou.

De acordo com a CSA, sigla em inglês para Lei de Substâncias Controladas, desde a década de 1970 a maconha está na Lista I de substâncias controladas, junto à heroína, o ecstasy e o LSD. 

A proposta é mudar a maconha para a Lista III, uma classificação mais branda. Aqui, a cannabis seria considerada uma droga de dependência moderada a baixa e estaria ao lado de substâncias como cetamina e analgésicos que possuem codeína.

Leia também: Cannabis pode reduzir uso de opioides, segundo estudo

Por outro lado, a maconha será considerada uma substância controlada até que o processo seja concluído. Ainda será necessário um período de consulta pública e possivelmente até audiência perante a um juiz.

Enquanto a mudança em nível federal não acontece, os estados criam suas próprias leis sobre o tema. Até agora, dos 50 estados norte-americanos, 24 já legalizaram o uso recreativo e 38 o uso medicinal.

Ainda tem dúvidas sobre o uso terapêutico? Tire suas dúvidas sobre cannabis medicinal!

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas