OAB de Pernambuco cria comissão para pessoas que utilizam a cannabis como tratamento

OAB de Pernambuco cria comissão para pessoas que utilizam a cannabis como tratamento

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

A comissão pretende prestar apoio aos cerca de 74 mil pacientes que utilizam a cannabis no estado

OAB de Pernambuco cria comissão para pessoas que utilizam a cannabis como tratamento
Foto: Freepik

Nesta quarta-feira (16), a Ordem dos Advogados de Pernambuco (OAB-PE), criou uma comissão para discutir sobre os direitos das pessoas que utilizam a cannabis como forma de tratamento no estado.

Chamada de “Comissão do Direito Canábico”, a comissão pretende prestar apoio aos cerca de 74 mil pacientes que utilizam a cannabis no estado, seja importando, comprando nas farmácias ou até plantando em casa com um habeas corpus. 

De acordo com o advogado Sérgio Moraes, que vai presidir o grupo ao G1, as principais dificuldades enfrentadas pelos pacientes que precisam dos produtos à base de cannabis é o custo.

“O que a gente quer promover é a democratização do uso medicinal da cannabis”, disse o presidente da nova comissão ao portal de notícias.

Legislação brasileira

No Brasil, a cannabis é aprovada apenas para fins medicinais e só pode ser comprada com receita. 

Atualmente, ela pode ser adquirida através de importações, nas farmácias e até por associações de pacientes. 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde a achar um prescritor até o processo de importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas