Presidente da Ucrânia pede a legalização da cannabis medicinal no país

Presidente da Ucrânia pede a legalização da cannabis medicinal no país

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

O motivo não está nem em movimentar a economia, mas ajudar os cidadãos a suportarem a guerra, que acontece desde o ano passado

Presidente da Ucrânia pede a legalização da cannabis medicinal no país
Foto: Reprodução

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu ao parlamento que legalize a cannabis medicinal no país. Para ele, a medida poderia ajudar os ucranianos a suportar alguns efeitos causados pela guerra contra a Rússia, que se arrasta desde 2022.

Em uma reunião com o parlamento, que aconteceu nesta quarta-feira (28), Zelensky disse que todas as medidas possíveis devem ser tomadas para ajudar a população de alguma forma.

“Todas as políticas mais eficazes, todas as soluções, por mais difíceis ou incomuns que possam parecer, devem ser aplicadas na Ucrânia para que todos os nossos cidadãos não tenham que suportar a dor, estresse e trauma devido às guerras”, disse na reunião.

Ele ainda acrescentou que, “em particular, devemos legalizar honestamente medicamentos à base de cannabis para todos que precisam”.

Favorável à cannabis medicinal

Mas essa não é a primeira vez que o presidente da Ucrânia defende a legalização do uso medicinal da cannabis. Enquanto disputava a corrida presidencial, em 2019, Zelensky disse que a legalização da maconha era um caminho “normal” a se percorrer.

Já no cargo de chefe do executivo em 2021, ele ainda pediu que o parlamento votasse com prioridade um projeto de lei sobre a cannabis medicinal. Mas na época, a proposta não foi para frente. 

Cannabis como tratamento para estresse pós-traumático

O nosso corpo possui um sistema chamado Sistema Endocanabinoide. Ele controla a homeostase, ou seja, o equilíbrio de várias funções do corpo, como a fome, o sono e o humor.

Os canais deste sistema estão diretamente ligados ao cérebro, ao Sistema Nervoso Central e também ao Sistema Imunológico. Se alguma parte do corpo não vai bem, é o sistema que avisa o que precisa ser regulado.

Os cientistas acreditam que um evento adverso ou um estresse crônico pode prejudicar a sinalização do sistema. Assim, o cérebro não vê que tem algo de errado.

Quando se tem TEPT (Transtorno de Estresse Pós-Traumático), a ativação dos receptores desse sistema é extremamente útil, uma vez que o Sistema Endocanabinoide desempenha um papel importante na influência do humor e também na construção da memória.

Cannabis como tratamento

A ativação do sistema é feita pelos chamados canabinoides, produzidos pelo próprio corpo. Por outro lado, também é possível utilizar canabinoides de fora, como os da cannabis. 

Há uma pesquisa em desenvolvimento que visa estimular o receptor CB1 para aliviar os sintomas de TEPT e quem sabe até curar. O professor psiquiatra R. Andrew Sewell, da Universidade de Yale que está conduzindo o estudo, é otimista.

Outra pesquisa recente, publicada em 2020 pela Universidade de Washington, nos Estados Unidos, mostrou que cada vez mais pacientes com o transtorno estão buscando alívio na cannabis medicinal.

Consulte um profissional

É importante ressaltar que qualquer produto feito com a cannabis precisa ser prescrito por um profissional de saúde habilitado, que poderá te orientar de forma específica e indicar qual o melhor tratamento para a sua condição.

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar na marcação de uma consulta, dar suporte na compra do produto até no acompanhamento do tratamento. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas