Rapper causa polêmica ao distribuir maconha na igreja em clipe

Rapper causa polêmica ao distribuir maconha na igreja em clipe

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Diante das críticas, o rapper e até o padre argumentaram que cena do clipe foi tirada de contexto

Rapper causa polêmica ao distribuir maconha na igreja em clipe
Foto: Reprodução

Vestido de padre, o rapper Alemán subiu no altar do Santuário de Guadalupe, que fica na Cidade do México, e distribuiu cigarros de maconha para os “religiosos” em uma cena do seu novo clipe.

A ideia foi substituir a hóstia, um pequeno pão usado para a comunhão da igreja por cigarros da maconha, que foram distribuídos por uma pequena fila como é feito no culto.

Mas parece que a ideia não foi bem aceita pelos católicos, que criaram um alvoroço nas redes sociais. Eles criticaram o uso de algo considerado sagrado como uma espécie de brincadeira feita pelo rapper.

Pedido de desculpas

Muitos defenderam o astro, argumentando que a cena foi tirada do contexto e que o padre da paróquia havia autorizado a filmagem. Mesmo assim, o rapper se posicionou pedindo desculpas aos fiéis. 

“Este vídeo é um pedido de desculpas a todas aquelas pessoas que se sentiram ofendidas. (…) É uma música super positiva que sei que vocês vão gostar, principalmente toda a comunidade do Santuário Guadalupano, com muito respeito e amor”, disse Alemán.

Quem também se manifestou sobre o assunto foi o padre Luis Armando González Torres, responsável pelo Santuário. Ao El País, ele falou que autorizou a filmagem, mas foi acordado que não poderiam subir no altar, o que não foi cumprido. 

O padre ainda complementou que a batina foi disponibilizada pela equipe do cantor e não emprestada pela igreja. Por outro lado, também defendeu que a cena foi tirada do contexto. 

Legislação brasileira

No Brasil, a cannabis é aprovada apenas para fins medicinais e só pode ser comprada com receita médica. 

Atualmente, ela pode ser adquirida através de importações, nas farmácias e até por associações de pacientes. 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde a achar um médico prescritor até o processo de importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas