Um novo podcast quer reunir atletas para falar sobre cannabis e esportes

Um novo podcast quer reunir atletas para falar sobre cannabis e esportes

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Feito de forma quinzenal, o objetivo do projeto é debater sobre o uso médico da planta dentro do ambiente esportivo. 

 

Apesar dos grandes benefícios, a relação entre cannabis e esportes ainda não é tão explorada. Para aumentar a discussão sobre o tema, uma empresa canábica lançou uma nova proposta, o PodioCast

O projeto da HempMeds quer reunir atletas e médicos especializados para um bate-papo sobre exercícios, saúde e bem-estar. Além de abordar sobre a rotina, os bastidores e as dificuldades enfrentadas pelas áreas. 

A ideia é ter um novo episódio a cada 15 dias. 

Entrevistados 

 

 

O atleta de BMX Cauan Madona, um dos próximos entrevistados do projeto

Publicado no dia 18 de maio, o primeiro episódio conta com uma apresentação do projeto pela Rachel Apollonio, uma surfista e digital influencer que será uma das responsáveis pela condução do podcast. 

O administrador de empresas Matheus Patelli e o jornalista Marcus Bruno são os outros nomes da bancada. 

As duas próximas entrevistas já tem datas para serem divulgadas. A primeira, com a skatista Karen Jonz, sairá no dia 1° de junho, enquanto a segunda, com o atleta de BMX Cauan Madona, será publicada 15 dias depois. 

Além deles, a parte inicial do projeto pretende conversar com Ítalo Penarrubia e Nilo Peçanha (skatistas), Pedro Rizzo (lutador de MMA), Tabata Vitorino e Anny Bassi (velocistas) e Laís Nunes (Wrestling). 

“Vale ressaltar que o cannabis também é uma ótima aliada na rotina de pessoas saudáveis. Esse uso é muito difundido em países como os Estados Unidos, e a HempMeds quer trazer essa possibilidade também para o Brasil. O primeiro passo é falar sobre e faremos isso por meio do nosso projeto audiovisual, o PodioCast”, ressalta Patelli. 

A cannabis nos esportes  

A cannabis auxilia os praticantes de exercícios físicos em três etapas: na performance esportiva, nos hábitos diários e na recuperação muscular

Isso se deve às suas propriedades medicinais e a capacidade dela interagir com o corpo, através do Sistema Endocanabinoide, responsável por regular funções básicas do organismo. 

O Canabidiol (CBD), um dos compostos produzido pela planta, é o mais utilizado no meio esportivo, por apresentar capacidades ansiolíticas, anti-inflamatórias, anti depressivas e antioxidantes. 

Devido a essas propriedades, o CBD se tornou uma ótima opção para a recuperação da fadiga e dos danos musculares gerados nos exercícios, com a capacidade de substituir os remédios anti-inflamatórios, que apresentam muito mais efeitos colaterais para o corpo humano. 

Além disso, os canabinoides podem ser eficazes para equilibrar os hábitos diários, como o sono, o apetite, a motivação e o bem-estar mental do organismo, necessários para alcançar um bom resultado esportivo. 

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas