Uso medicinal da cannabis cresce em veteranos militares do Canadá

Uso medicinal da cannabis cresce em veteranos militares do Canadá

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

A utilização da erva pelo grupo disparou nos últimos anos, com números muito superiores à da procura por outros tipos de medicamentos. 

Uma auditoria canadense constatou que o consumo de cannabis para fins medicinais teve um grande aumento nos veteranos do país. 

A análise foi feita em comparação com 2014, quando as autoridades locais implementaram novas medidas para o consumo da erva. Na época, cerca de 100 militares pediram reembolso para o governo, devido a compra de produtos canábicos, o que aumentou para 18.000 nos dias atuais. 

Os benefícios medicinais da planta parecem superar a barreira do preconceito no Canadá. O núcleo militar, apesar de historicamente caminhar no sentido oposto da maconha, parece estar disposto a utilizar o composto. 

“Cada vez mais veteranos buscam reembolsos por CMP (cannabis com fins médicos), seja porque os tratamentos convencionais não conseguem aliviar sua dor ou porque causam efeitos colaterais nocivos”, ressaltou o relatório. 

De acordo com os auditores, o departamento de Assuntos de Veteranos pretende melhorar a supervisão do programa, com o objetivo de desenvolver uma política mais sólida e auxiliar nas necessidades dos ex-combatentes e das suas famílias. 

Confira: A legalização da maconha no Canadá e a redução de crimes

Acima dos outros remédios 

Foto: freepik

O que evidencia o crescimento do setor é a sua grande procura. Segundo a análise, os tratamentos feitos com a cannabis são muito mais buscados do que as medicações convencionais, que não são tão eficazes e podem causar efeitos colaterais. 

A auditoria mostrou que só nesse grupo os gastos com a erva chegam a 156 milhões de dólares canadenses (cerca de R$ 619 milhões na cotação atual), valores maiores do que a junção de todos os outros remédios somados. 

A projeção também é alta. Os dados afirmam que o mercado pode atingir 321,5 milhões de dólares canadenses até 2026 (aproximadamente R$ 1.2 bilhão). 

Recentemente, uma pesquisa realizada pela BDSA mostrou que as vendas globais da cannabis podem chegar a US$57 bilhões até o mesmo período.

Saiba mais: Vendas globais de cannabis podem atingir US$57 bilhões até 2026, segundo relatório

Legalização 

 

É importante ressaltar que o cenário vivido pelo Canadá tem uma forte influência da legalização, firmada para o uso recreativo em 2018. 

Já para fins medicinais, o país norte-americano tem leis específicas que permitem os tratamentos desde 2001. 

Entenda: Pontos positivos e negativos do mercado de cannabis no Canadá

Procure um médico

É importante ressaltar que qualquer produto feito com a cannabis precisa ser prescrito por um médico, que poderá indicar qual o melhor tratamento para o seu caso.

Se precisar de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado para esclarecer suas dúvidas, além de auxiliar desde a prescrição até a importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas